03/05/2018

Edifício erguido sobre pedra da Anita terá dois restaurantes

Prédio teve de quebrar pedreira para a fundação e quer se tornar ao menos o terceiro em ranking nacional de "prédios verdes", com geração solar e elevador que produz a própria energia

Novo marco corporativo da Avenida Carlos Gomes, em Porto Alegre, o edifício na esquina da Anita Garibaldi teve de ser escavado na mesma pedra que atrasou as obras na trincheira. Ganhou o nome de João Benjamin Zaffari, falecido no ano passado. Os empresários Bruno e Mauro, da Belmondo, homenagearam o pai, que seguiu boa parte dos sete anos de desafio.

As fundações exigiram logística complexa, que quebrava a pedreira e levava, aos poucos, resíduos a locais autorizados. Era um dos requisitos para o certificado de “prédio verde” da Leed (Leadership in Energy and Environmental Design). A Belmondo quer ao menos o terceiro lugar em pontos no país.

Com geração fotovoltaica, vidros com película que barra 60% do calor e elevador que gera a própria energia, o complexo já está com 40% dos espaço locado. Inclui auditório para 80 lugares e já tem duas operações gastronômicas definidas. No térreo, o restaurante Seasons vai reabrir ali, com uma unidade do The Chefs, da mesma empresa, na parte de trás.

Fonte: Marta Sfredo - GAUCHAZH

Leia também